Tribo do C.I.

Só mais um blog de informática (só que não)

Spotify: Serviço está chegando ao Brasil

abril 9th, 2014

inicio-spotify-brasilHoje dia 9 de Abril de 2014, o Serviço de “Rádio online” Spotify começou a funcionar no Brasil, a princípio convites foram distribuídos para quem se inscreveu na Lista de espera e não vai demorar muito para que fique oficialmente aberto para o público geral.

Se você estava na lista, o convite já deve está no seu e-mail, caso contrário fique atento no Twitter oficial do Serviço no Brasil @SpotifyBR para ficar por dentro das novidades.

O serviço conta com planos gratuitos além da possibilidade de experimentar por 30 dias Spotify Premium para experimentar por 30 dias.

Sencha: ExtJS 5 Beta Lançado

abril 8th, 2014

Selo - ExtJS 5 Beta

No dia 03 de Abril de 2014 a Sencha tornou disponível publicamente a versão Beta do ExtJS 5 trazendo muitas novidades e mudanças importantes no framework  JavaScript que já é um padrão da indústria para a construção de aplicações SPA (Single Page Application) corporativas orientada a dados.

Essa versão vem com 3 principais focos:

  • Viabilizar o desenvolvimento multi-dispositivos
  • Não Revolucionar, Evoluir
  • Produtividade no Desenvolvimento

Já no que existe de novo alguns dos destaques são:

  • Duas formas de Vinculação de Dados (Data binding) agora com MMV
  • Grid Gadgets
  • Gráficos otimizados para Toque
  • Roteamento

A uma grande quantidade e melhorias e aperfeiçoamento confira no links abaixo uma listagem completa de tudo que te de novo no ExtJS.

Links:

via Sencha Newsletter Abril de 2014

DOM: id dos elementos são variáveis globais

março 31st, 2014

Vi no twitter e no facebook, algumas pessoas falando que para mostrar um elemento do HTML no Console do Groogle Chrome, você precisa apenas escrever o ID desse elemento. O @johnjbarton esclareceu que isso acontece porque todos os IDs dos elementos SÃO variáveis globais no javascript. Veja mais detalhes abaixo:

O Padrão:

O HTML5 especifica que o objeto window pode ter uma chave de propriedade na qual o valor dela é um elemento html se:

  • Existe exatamento 1 elemento DOM em que a propriedade ‘id’ tem o valor da chave
  • Existe exatamente 1 elemento DOM que a propriedade ‘name’ tem o valor da chave. O elemento deve ser um tipo: a, applet, area, embed, form, frame, frameset, iframe, img, object.

Exemplo, no site da Tribo do CI  você pode abrir o console do chrome e digitar: window['branding'] ou simplesmente branding. Aparecerá a tag header com id=’branding’. Se existe mais de uma tag encontrada, regras diferentes são aplicadas. Com isto em mente, veja outro exemplo abaixo:

<div id=”foo”></div>

O elemento acima pode ser acessado via window.foo ou, como todas as propriedades de window, apenas foo. Por exemplo, no console do Chrome, você pode fazer:

> "foo" in window
    true
> foo
    <div id=?"foo">?</div>?

Firefox

No firefox funciona um pouco diferente

> "foo" in window
    false
> typeof foo  // Essa variável existe?
    object
    Element referenced by ID/NAME in the global scope.
    Use W3C standard document.getElementById() instead.

> foo
    [object HTMLDivElement]
    Element referenced by ID/NAME in the global scope.
    Use W3C standard document.getElementById() instead.

> "foo" in window
    true

O que aconteceu? inicialmente não existe a propriedade window.foo. Mas após a primeira chamada, seja diretamente ou pela variável global, a propriedade é criada.

Conclusão

Existe uma padronização do HTML5 na qual os ID’s dos elementos se tornam propriedades de window, por isso que essa facilidade é uma novidade para nós. Cabe agora, aos maníacos de boas práticas, nos dizer qual seria a maneira mais correta de utilizar essa feature.

Esse post é uma versão brasileira de 2ality – DOM: elemtn IDs are global variables.

Tribo do C.I.

Tribo do C.I.

Só mais um blog de informática (só que não)