Tribo do C.I.

Só mais um blog de informática (só que não)

Contribuindo com a Mozilla

novembro 17th, 2016
Mozilla 2013 Summit

Mozilla Summit – Foto por Marcia Knous, disponível no blog da Mozilla

Quando eu descobri que eu era capaz de contribuir com os projetos da Mozilla isso me fez sentir muito feliz e útil. Não consigo me lembrar dos detalhes, mas eu estava aprendendo sobre HTML5 e Web Mobile usando o MDN como meu recurso principal e percebi que algumas páginas estavam em português e outras não. Descobri então que qualquer um poderia traduzir as páginas, então comecei a traduzir também, pois queria melhorar meu inglês e também fazer estes conteúdos disponíveis às pessoas que não sabem inglês.

Isso foi em 2014, eu aprendi algumas coisas sobre a Web e também melhorei um pouco o meu Inglês traduzindo artigos no MDN. Logo consegui desenvolver WebApps e publicá-los no Marketplace do Firefox, na Chrome Web Store e também aprendi a usar o PhoneGap para tornar os meus aplicativos da web instaláveis em dispositivos Android. Eu ganhei um monte de novas habilidades apenas me envolvendo mais na tradução desses artigos no MDN e assim estudando mais, e eu tenho certeza que muitas pessoas foram capazes de aprender mais a partir de então, com esses artigos também disponíveis em português. Uma mão lava a outra.

Como eu estou acostumado a dar palestras, eu preparei algum conteúdo sobre essas coisas novas que eu aprendi, e ministrei palestras e mini cursos em alguns eventos em minha cidade e outras cidades próximas. No final de todas essas palestras, eu mencionava o MDN e tudo o que aconteceu comigo, encorajando os participantes a contribuir com os artigos também. Mais tarde eu descobri que a comunidade Mozilla era grande aqui no Brasil, e eles fazem muitas atividades. Na verdade, eu aprendi que a Mozilla tem listas de atividades e como executá-las, tornando a vida do contribuinte muito mais fácil.

No começo eu estava muito ocupado, terminando minha graduação, mudando de posição no trabalho, e esses tipos de coisas que nos amarram à nossa rotina, então eu não envolvi com a comunidade. Mas as coisas mudaram um pouco em 2016, quando encontrei alguns amigos da Mozilla Brasil morando perto de mim, e dispostos a unir forças para realizar as atividades da Mozilla aqui no Centro Oeste do Brasil (Goiás e Brasília). Foi algo incrível, eles me motivaram. Logo nós nos reunimos para fazer um plano de ação e começar a incentivar mais pessoas a contribuir com a Mozilla.

 

 

Em setembro de 2016, palestrei em três cidades diferentes (Brasília, Ceres e Uruaçu) falando sobre os projetos da Mozilla em geral, e em uma ou duas dessas conferências falei também sobre a Mozilla e a IoT, tambem conhecido como Connected Devices. As pessoas ficaram maravilhadas porque pensavam que a Mozilla era uma coisa distante, mas agora viram que estamos em toda parte, e também aqui, ao lado deles. Eu não sei se algum dos ouvintes já começou a contribuir com a Mozilla, mas eu sei que eu plantei alguma chama em seus corações.

Eu estou disponibilizando todos os slides das minhas palestras na minha conta do github, então você pode apenas verificar o meu repositório Talks e ver o que que tem de bom por lá. Mas quero destacar os slides usados nas palestras de setembro:

 

Agora estamos planejando uma grande atividade no Fórum Goiano de Software Livre – FGSL. Estaremos falando sobre Realidade Virtual, Compatibilidade com a Web, Privacidade e Segurança, e também sobre como contribuir com o Mozilla. Eu ficaria mais do que feliz se você desse uma olhada na nossa agenda na conferência. Tudo será informado em http://fgsl.net.

Isso é só um começo. Eu sei que estaremos fazendo grandes coisas de agora em diante, e eu quero que você participe também. Veja meu exemplo, você só tem a ganhar, e além disso, também estará ajudando os outros a serem beneficiados também.

 

A Curta História da URL about:

novembro 4th, 2013

História da URL About, Screen shot about:mozilaVocê provavelmente já viu alguma vez na sua vida de navegante das interwebs uma URL “about:”. A maioria das pessoas nunca pensou a respeito, mais alguns poucos já ficou com uma pulga atrás da orelha e se perguntou o porque? Esse é o artigo pra quem a curiosidade o levou inevitavelmente a uma busca na internet por uma explicação, explicação essa dada pelo próprio criador da URL o  Lou Montulli que entre outras coisas criou o Lynx e trabalhou nas primeiras versões do Navegador Netscape.

A URL “about:” que mais comumente se vê é a “about:blank”, em que a maioria dos navegadores carregam uma página em branco. Para uma Lista das URL “about:” no seu navegador tente isso: “about:about” (não vai funcionar clicando aqui direto)

Porque se chama “about”? A resposta curta é que “about” (sobre) as pessoas que constroem o seu navegador. Eu adicionei a URL original “about:” como um Easter egg na versão 1.0 do Netscape Navigator. Eu trabalhei no código multiplataforma de de rede e carga de página  e bateu uma lombriga e eu tirei o dia pra colocar o Easter egg. O Formato da URL permite que qualquer prefixo seja adicionado, assim eu criei o prefixo “about” e para que nós puséssemos uma página com o time de engenheiros fosse listada. Parte do meu trabalho foi construir um framework que permitisse qualquer bloco HTML fosse carregada e endereçado por uma URL “about”.

Uma das URL about originais que se manteve no browser firefox é a “about:mozilla”, que mostra uma frase fictícia pseudo religiosa glorificando nosso mascote, o Mozilla.
Existia também URLs para a maioria dos engenheiros do time original. ar, atotic, bluthe, chouck, dmose, dp, ebina, hagan, jeff, jg, jsw, karlton, kipp, mlm, montulli,  mtoy, paquin, robm, sharoni, terry, and timm.

No dias de hoje uma característica especial de minha URL “about” a “about:montulli”, o levará para uma página aleatória do seu histórico, eu não sei ao certo porque, mais eu penso que seja uma característica interessante. ( no firefox pelo menos não funciona mais)

“about:blank” que hoje é a URL mais comumente usada, foi criada para apontar para uma nova janela do Netscape 2.0 com uma URL vazia. É algo que não existia a princípio e nós precisavamos de uma forma de criar nova janela com nenhum conteúdo. O framework about já existia, então nós a reusamos para carregar uma página em branco. O restante das URLs “about” evoluíram pelo mesmo motivo. Nós já tínhamos a URL “about” e mantemos reusando ela para “config”, “cache”,”history” e etc…

Curtiram?

Agora o editor falando 😀 , eu adoro essas histórias de bastidores, você tem alguma interessante, manda pra k 😀

Links:

 

Tribo do C.I.

Tribo do C.I.

Só mais um blog de informática (só que não)